"Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim." (Chico Xavier)

quinta-feira, 30 de julho de 2009

'- Resumo.



Muitos versos tristes
Muitos versos pequenos
Muitos versos perdidos
Muitas palavras sem sentido
Muitas outras sem explicação
Muitas poucas sem solução
Sem sentido
Sem você
Sem saber
Buscaria algo
Buscaria tudo
Buscaria você
Sonhos tristes
Sonhos tolos
Sonhos meus
Talvez agora
Talvez nunca
Talvez amanhã
Agora, não sei
Agora, chorei
Agora, te esquecerei

Paulo Laet

2 comentários:

Bleeding Angel disse...

Q belo poema... De fato fikmos assim qndo ocorre a ruptura de um relacionamento... Eh triste, dah um vazio e esse texto descreve exatamente como nos sentimos, ao msm tempo q naum qremos desapegar, lutamos contra a razaum, sabemos q ela tah certa, devemos msm promover o desapego dentro de nos e recomecar.
Bjos anjo.

' Brotos disse...

aii qe linda floor *--*
eu adoreei.!
e obrigada pelo comentariio no meu blog ~
eu volto sempre aqii ;]